Sérgio Ramalho – Registro

Registro - Independente

Registro - Independente - 8.8

8.8

Sérgio Ramalho consegue em seu segundo trabalho qualidade e sofisticação do veterano que é!

User Rating: Be the first one !

Um termo que há muito deixou de ser utilizado dentro da música brasileira parece que aos poucos vem voltando ao cenário. A palavra ou termo é sofisticado.

Ao se preocupar com os detalhes da produção e pós-produção, o artista, banda  ou seu produtor (nesse caso o competente Luís Iannini) demonstra cuidado com sua obra. Mas ao cuidar de toda a cadeia musical até a musica chegar ao consumidor final (ouvinte) e esse notar uma certa sofisticação no padrão do trabalho, é de se levantar as mãos e agradecer por existirem artistas/produtores preocupados com o que vão lançar.

Nunca tinha ouvido falar em Sergio Ramalho (apesar de seus vinte anos de estrada), mas ao nos enviar os links de seu álbum, ele demonstrou não apenas humildade, mas coragem em colocar a prova um trabalho que consumiu um bom tempo de sua vida dados os detalhes sonoros que encontramos em cada faixa.

A música apresentada é de extrema qualidade. Desde os arranjos, passando por cada detalhe dos músicos, é de salientar-se que Sergio mesmo sendo um veterano, continua cuidando da sua música como se cada canção fosse um pequeno rebento.

As canções possuem variados andamentos e estilos. Se algumas são descaradamente pop com uma pegada easylistening como no caso de: “O Que é o Certo” (essa com uma pegada bem Ivan Lins) e “Meu Limite”, outras exploram nuances diferentes.

“Bolero nº 5” calcada em ritmo portenho, óbvio! E a que mais me chamou atenção, “Só pra Você Ficar” soa quase como uma canção de ninar. Lírica e amorosa. Essa música em especifico precisa tocar em rádios o quanto antes!

Mas como nem todo são flores, “Só Pra Você Ficar” precisa de uma pequena alteração para soar maior. Como uma canção forte com apelo radiofônico e que vai tendo a sua cadência diminuindo aos poucos até se tornar nada mais, nada menos que um sussurro de uma voz cantando uma singela canção de ninar.

No geral o trabalho de Sérgio Ramalho é de extrema qualidade, ainda que esbarre em um ou outro maneirismo pop mas nada que impeça uma salva de palmas para mais um artista de qualidade!

 



Passou dos 30 e poucos anos faz tempo, resenhista (aka crítico musical), editor e amante das boas coisas da vida: música, cinema, literatura, teatro e o que mais envolver artes! Já escreveu para jornais, revista, sites e hoje batalha nesse humilde espaço. Poeta nas horas vagas, já percorreu o Brasil, mas hoje vive em São José, bem ao lado de Florianópolis.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.