Rolling Road – Lowly Hounds

Dando o play na primeira faixa deste EP de 2015 já se percebe que “o negócio é gringo”. Isso, no sentido de que soa bem produzido, grande e quente, mixado e masterizado por gente que tem muito know how no rock. A banda é formada por dois brasileiros e dois…

Rolling Road - Selo 180

Rolling Road - Selo 180 - 7.5

7.5

Metade gringa, metade brazuca. Mistura boa!

User Rating: Be the first one !
8

Dando o play na primeira faixa deste EP de 2015 já se percebe que “o negócio é gringo”. Isso, no sentido de que soa bem produzido, grande e quente, mixado e masterizado por gente que tem muito know how no rock. A banda é formada por dois brasileiros e dois ingleses, e a proximidade com Supergrass não é por acaso: os gringos tocaram com o Charly Coombes, musico da banda em comento. A metade brasileira vem das ótimas porto-alegrenses Severo em Marcha e Video Hits, (lembra deles? Deveria.)

A faixa que abre, “Along That Rolling road”, já mostra a proximidade com o Supergrass. Uma canção pop com órgãos Hammond e guitarras power pop. Trata-se de uma musica sobre a urgência em viajar e se aventurar, com um refrão pra ser cantado junto a plenos pulmões, na melhor tradição britpop. “Knocking’Em down” lembra um pouco Black Keys, com um riff blueseiro que carrega a canção inteira. Os teclados de Edu Bisogno (ex- video hits) mostram o seu valor. “Stillness of the Heart” tem refrões com falsete e (novamente) teclados valorosos. “Reap what you sow”, a faixa seguinte, confirma a vocação pop do conjunto, onde os refrões sempre ganham proporção em relação as estrofes, são cantaroláveis e alegres, em acordes maiores. O EP fecha com “We Are The Young”, uma balada ao violão dedilhado, mais contemplativa, a primeira e única faixa calma do EP.

Lowly Hounds é uma banda que junta o know how dos nativos do brit pop com a melhor cepa dos seus admiradores brasileiros: meu refiro a galera do sul, criada naquilo que se convencionou chamar de “rock gaúcho”. A produção é impecável, o som da masterização é quente como só se consegue “em london, man”. As canções são todas profissionalmente compostas, com bons refrões e levadas roqueiras ao melhor estilo Supergrass. A banda já foi citada muitas vezes nessa pequena resenha, mas não é despropositado: Lowly Hounds agradará especialmente a quem gosta de Supergrass, ou seja, quase todo mundo.

 

 



Bruno Ruffier estuda filosofia e direito, tocou com os baby budas e plato divorak e tem um tataravô que inventou a batata.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.