NETVNO lança novo single: “Chá”

A NETVNO lançou “Chá”, novo single da banda que vem acompanhado de um videoclipe. A faixa, produzida por Lourenço Rebetez, antecipa o EP “Três Noites no Azul”, o segundo da banda com previsão para sair no próximo dia 7 de dezembro. “Nossas referências estão, principalmente, na estética do R&B contemporâneo. Acho que podemos citar, como inspirações fundamentais, Daniel Caesar, Tom Misch, Bruno Major e H.E.R”, explica a vocalista e compositora da faixa, Aglaia.

Para o videoclipe, imagens de uma manhã incomum em que tudo parece meio fora do lugar, misterioso, surreal, etéreo e esfumaçado. É o percurso entre a cama e o chá, na cozinha, com uma série de surpresas. “Nos quadros das paredes, que compõem as cenas, rolam umas referências à “Viagem de Chihiro” e “Alice no País das Maravilhas”. Tem também, meio escondida, uma obra do René Magritte chamada “Le Fils de L’homme”, ou “O filho do Homem”, em português. A gente curte demais viajar nos detalhes. Eles ajudam a entender a nossa música e o que queremos dizer com ela”.

A direção de Mateus Rigola, conhecido por trabalhos ao lado de Hungria Hip Hop, Pacificadores e outros nomes do funk, evidencia uma forte característica do grupo: a fluidez.

“Esse videoclipe e o EP que estamos nos preparando para estrear fazem parte de uma fase muito mágica. Estamos nos sentindo cada vez mais inspirados e criativos, conseguindo dar asas a um leque mais colorido de influências. Tivemos a felicidade de poder criar lembrando tanto do Caetano Veloso quanto do Anderson .Paak. Tanto da Céu quanto do Drake. O que nós queremos é isso mesmo… Novas canções, shows pra tocar, gente pra conhecer, lugares pra descobrir”, ressaltam.

“Chá” foi gravada no Cajueiro Áudio, em Campinas, São Paulo. A mixagem é de Thiago “Big” Rabello e a masterização do Felipe Tichauer, Red Traxx mastering. A NETVNO é um sexteto do interior de São Paulo, formado por Aglaia nos vocais, Diego Morais e Fred Negrini nas guitarras, Edgar Scaramuzza no baixo, Murilo Gonçalves na bateria e William de Paula nos teclados.


Tagged: ,


Designer, sociólogo de boteco, baixista de fim de semana, DJ ocasional, leitor ávido de Wikipédia e escritor de romances de gaveta. Manézinho de nascimento, criado em Porto Alegre e atualmente mora em São Paulo. Como todo bom crítico, já tocou em várias bandas que não deram em nada.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.