Incêndio Cultural!

Das majors aos indies, do futebol ao metal, tudo isso em um mesmo lugar! E isso é só o começo!

Incrível como entendidos em música surgem a cada instante, a cada momento, parece que todos eles (ou nós… ehehe) surgem no Brasil o país do futebol, onde cada brasileiro é um técnico de futebol, e no atual momento, todos adoram o Dunga por estar conseguindo fazer o Brasil (a seleção, que fique bem claro) conseguir jogar futebol!

A coluna que vem a surgir vai tentar trazer um pouco de luz não só sobre música, mas também sobre diversos assuntos, tais como: literatura, cinema, futebol (estava demorando), teatro (assim que for possível), e outras demonstrações artísticas.

Então vamos lá!

Underfloripa renasce com dez colaboradores (e isso é só o começo!)!

Pois é, nada mais oportuno que na nossa primeira coluna escrever um pouco sobre o próprio umbigo. O Underfloripa que fez historia em pouco mais de dois anos resolve voltar com uma nova formação (mas nem tanto…) e com dez colaboradores iniciais: Luciano Barbi (músico), Guilherme Miranda (universitário da UFSC, Curso de Historia), Mauricio Araújo (músico, pesquisador e gremista), Fernando (pesquisador, gremista e critico feroz de CDs mal produzidos), Silvia e Igor (casados, gremistas, ele também pesquisador, ela trabalhadora assaz e muito bem informada sobre o pop rock nacional e mundial), Luciano Vitor (esse boçal que vos escreve, colaborador de vários veículos de cultura, como a Revista Dynamite, Loaded, To Puto, etc..), Ana Karina (especialista em mangas, animes e afins), Rafael Miranda (músico, baixista e guitarrista e lenda viva da cena underground catarinense), e mais dois colaboradores que no momento certo irão aparecer, então, sentem-se, divirtam-se e chamem os amigos, o novo Underfloripa com nova roupagem, começou!

QUENTINHAS DAS MAJORS

SANTANA, O GÊNIO DA GUITARRA!

Pela primeira vez o guitarrista Carlos Santana organizou pessoalmente uma seleção de suas principais músicas. O resultado está na coletânea Multi-Dimensional Warrior, que traz em álbum duplo, canções que marcaram seus 40 anos de carreira.

A soma de composições como “Somewhere in heaven”, “Blues Latino” e “En Aruanjez Com Tu Amor”, em um mesmo disco, mostra a versatilidade do artista e reafirma seu talento. Carlos Santana é um dos maiores guitarristas de todos os tempos, com mais de 30 álbuns lançados.

O CD 1, com 16 faixas, traz canções como “Let there be light”, “Life is for living” e “The river”. Já o CD 2 intercala o lado blues e rock’n roll com a versão latina de Santana nas músicas “Curación (Sunlight on Water)”, “Luz, Amore y Vida” e “El farol” entre as 14 faixas.

CADILLAC RECORDS, A TRILHA SONORA DO ANO!

A trilha sonora original do filme Cadillac Records, que chega as lojas em álbum duplo, traz clássicos do Jazz e do R&B americano como “My Babe” (Willie Dixon), “No particular place to go” (Chuck Berry) e “I’m Your Hoochie Coochie Man” (Willie Dixon) interpretadas pelos atores Columbus Short, Mos Def e Jeffrey Wright, respectivamente. Na atmosfera dos agitados anos 50, em Chicago, o filme mostra o nascimento de uma das mais importantes gravadoras da black music americana.

A história começa quando o executivo, Leonard Chess (interpretado por Adrien Brody) cria o selo Chess Records. Mais tarde, nos bastidores da gravadora Cadillac, como é chamada no filme, gravam os músicos Etta James (interpretada por Beyoncé Knowles), Little Walter (Columbus Short), Chucky Berry (Mos Def), Muddy Watters (Jeffrey Wright) e Willie Dixon (Cedric The Entertainer).

De cabelos curtos, a cantora e atriz Beyoncé precisou mudar radicalmente o visual para se parecer com Etta James. No filme, ela interpreta as canções “At Last”, “I’d Rather Go Blind”, “Once in a Lifetime”, “Trust in me” e “All I could do was cry” que também estão na trilha sonora.

ANNIEL LENOX, A DIVA DE VOLTA!

Com quase 30 anos de carreira, pela primeira vez Annie Lennox reúne sua obra musical em uma coleção que relembra seus quatro álbuns solo Diva (1992), Medusa (1995), Bare (2003) e Of mass destruction (2007). The Annie Lennox Collection ainda traz as inéditas “Pattern of my life” e “Shining light”.

A cantora estourou nos anos 80 como vocalista da banda inglesa Eurythmics que combinava a batida do pop, rock e soul music. A carreira solo começou com o álbum Diva que revelou Lennox como compositora. Todas as faixas do disco são assinadas por ela, inclusive os sucessos “Little bird”, “Walking on Broken Glass” e “Why”, faixas que estão no repertório da coletânea.
A releitura de “A Whiter Shade of Pale” e o hit “No more “I love you’s”, revivem o álbum Medusa. A música “Love Song for a Vampire” que está na trilha sonora do filme “Drácula de Bram Stoker”, de Francis Ford Coppola, também está entre as faixas.

Para relembrar os sucessos dos tempos do Eurythmics que estão no disco Bare, terceiro solo, as canções “Pavement Cracks” e “A thousand beatiful things” foram incluídas. Do CD Of mass destruction, último lançado por Annie Lennox, entram as composições “Sing” e “Cold”.

Na categoria de melhor cantora, Annie Lennox acumula vitórias no BRIT Awards, 4 Grammys, um Oscar de melhor canção – pela contribuição para a trilha sonora do filme “O Senhor do Anéis – O Retorno do Rei” com a música “Into the West” – e 2 Globos de Ouro.

PEGANDO FOGO, NOTÍCIAS DO METAL!

RAVENLAND estréia clipe na MTV

Depois do programa MetalSplash da AllTV e do Stay Heavy da Rede NGT terem exibido o vídeo clipe da banda de metal gótico RAVENLAND, agora eles estréiam o clipe na programação da MTV Brasil.

O clipe da música “End of Light” teve sua estréia na MTV Brasil no dia 31 de Maio (domingo) no programa MTV LAB BR as 11h da manhã. O clipe poderá ser conferido também no MTV Overdrive e foi exibido em outros programas da emissora.

“Já estávamos muito contentes pela divulgação e exibição do nosso clipe no programa de metal Stay Heavy que já é exibido em TV aberta para quase todo o país”, comentou Camilla Raven, vocalista da banda. “… mas depois que recebemos o e-mail da MTV com o contrato de permissão e autorização para exibição do nosso videoclipe na programação deles, ficamos felizes em saber que o nosso trabalho está agradando tanto ao público metal em geral quanto ao público de música pop.”, completou Dewindson Wolfheart, também vocalista do Ravenland.

O álbum “…and A Crow Brings Me Back” está sendo bem aguardado pelos fãs e público em geral que conhece a banda. Eles tiveram como baterista do disco Ricardo Confessori (Angra, Shaman) que também produziu o álbum, além da participação especial do guitarrista Tragedy Tommy Lindal (ex-Theatre of Tragedy, …in Deviltry) em duas músicas escolhidas por ele.

O CD, que foi masterizado na Alemanha pelo Waldemar Sorychta (produtor do Lacuna Coil, Samael, Moonspell, etc.), sofreu atraso para ir para a fábrica, mas será lançado e distribuído nos próximos dois meses em todo o Brasil, Alemanha, Estados Unidos e Espanha pela gravadora Free Mind Records.

Para conferir o vídeo clipe de “End of Light” acesse http://www.youtube.com/watch?v=MlYlfxo59GU

HIBRIA – Confira fotos dos shows em Taiwan e Tóquio

Os gaúchos do HIBRIA, finalizaram em Maio sua passagem pela Ásia durante a turnê de divulgação do seu segundo álbum, “The Skull Collectors”. Confira nos links a seguir fotos da passagem da banda no oriente:

Atualmente a banda está fazendo seus últimos shows da turnê no Canadá que conta com o suporte da banda Archon Legion. Confira as últimas datas:

– 07 de Junho – Cabana Supper Lounge – Ottawa, Ontario
– 08 de Junho – Bar Katacombes – Montreal, Quebec
– 09 de Junho – Dagobert Nightclub – Quebec, Quebec

“The Skull Collectors” já pode ser adquirido no Brasil através do lançamento pela Voice Music, e amostras estão disponíveis no site oficial e perfil do Hibria no MySpace. Confira em www.hibria.com e www.myspace.com/hibria
Vocalista da MAGICIAN com SCELERATA na turnê do Paul Di’Anno

– Após anunciar em 2008 que procurava por bandas ao redor do planeta para se apresentar juntamente com ele, Paul Di’Anno confirmou o grupo brasileiro Scelerata como sua banda de acompanhamento para a turnê brasileira que será realizada em Julho deste ano. A Scelerata já se apresentou com bandas como Deep Purple, Gamma Ray, Edguy, Masterplan, Angra e Shaman. Formada por Francis Cassol (bateria), Gustavo Strapazon (baixo), Magnus Wichmann (guitarra) e Renato Osorio (guitarra) a banda – após lançar seu segundo álbum intitulado “Skeletons Domination” – anunciou Dan Rubin (Magician) como vocalista convidado que os acompanhará na turnê. Além de serem a banda de abertura, o Scelerata será também a banda de apoio que irá executar fielmente os sons escolhidos por Paul Di’Anno para esta turnê.

Sobre a escolha de Dan e também a procura por um vocalista permanente, o baterista Francis Cassol comenta: “A escolha de Dan Rubin para ser o vocal convidado do Scelerata na Tour Brasileira 2009 se deu por uma série de motivos. O primeiro de todos é pelo fato de Dan ser um excelente vocalista, não só tecnicamente, mas também por ter um enorme carisma. Ele e o Renato Osorio (guitarra) tocam juntos há anos na Magician, então já sabemos do seu potencial. Sem contar que é um grande amigo há anos.

Dan se colocou à disposição para fazer a tour, demonstrando sempre uma grande motivação ao tirar as músicas e cantá-las com naturalidade. No entanto é importante frisar que, por ter um trabalho paralelo – no caso a Magician -, Dan não será efetivado como membro da banda. Portanto a banda Scelerata segue em busca da pessoa certa para assumir o posto de vocalista de forma definitiva. Recebemos dezenas de e-mails de pessoas interessadas, tendo inclusive feito testes com algumas, mas sem chegar a nenhuma conclusão definitiva. Mais informações podem ser adquiridas no site da banda.

No momento estamos nos dedicando exclusivamente aos ensaios para a tour com o Paul DiAnno e Scelerata. Para o segundo semestre deste ano vamos iniciar os trabalhos de pré-produção para a gravação do 3º disco da banda Scelerata.

Abraços aos nossos fãs, que esperamos ver nos shows da tour!!!” – Francis Cassol & Scelerata

As datas da turnê são as seguintes:

– 03 de Julho – sexta-feira @ Opera 1 (Curitiba/PR)
– 04 de Julho – sábado @ Arena Multi Show (Criciúma/SC)
– 05 de Julho – domingo @ Big Bowling (Joinville/SC)
– 10 de Julho – sexta-feira @ 540 Pub (Passo Fundo/RS)
– 11 de Julho – sábado @ Parque de Exposições Monsenhor Vitor Batistella (Frederico Westphalen/RS)
– 12 de Julho – domingo @ Manara (Porto Alegre/RS)
– 16 de Julho – quinta-feira @ Vila Dionisio (Ribeirão Preto/SP)
– 17 de Julho – sexta-feira @ Vila Dionisio (São José do Rio Preto/SP)
– 18 de Julho – sábado @ Manifesto (São Paulo/SP)
– 19 de Julho – domingo @ Space Rock (Santos/SP)

Mais informações da turnê serão divulgadas nos próximos dias. Enquanto isso para conferir o trabalho da Scelerata e da Magician acesse http://www.myspace.com/scelerataband e http://www.myspace.com/magicianband

INCÊNDIO DOS INDEPENDENTES

MECHANICS: 15 ANOS DE ROCK SUJO

http://www.myspace.com/mechanicsrock

Esporrento e inclassificável. Sim, são eles: os sempre malditos Mechanics, que desde 1994 provam que é possível ser criativo fazendo um som terrivelmente barulhento. É o vírus responsável por criar e expandir a doidificação da cena G-rock, eles bebem direto nas facções mais transgressoras, alcoólicas e autorais da rockultura. Este cenário visceral ainda ganha a influência cósmico-filósofica quadrinistica, subversões visuais e do submundo da literatura marginal sintetizado num certo zeitgeist da Cultura Pop contemporânea.

Há 15 anos os míticos terroristas contra-culturais do Mechanics circulam pelo Brasil dividindo o palco com comparsas classudos tipo Mudhoney, Nebula e Batary. Ultimamente, andavam meio sumidos. Mas não, o Mechanics não chegou ao fim! Pelo contrário, está na surdina tramando nova coordenada sônica, armando uma babel de novidades que começa a espalhar-se pelo mundo real e virtual, dando início às nefastas comemorações dos 15 anos de acachapação de sentidos e riffs sujos, feios e malvados, precisos em seus estragos. São os Mechanics! Agora com novo disco, novo show, nova formação. Sejam bem-vindos e preparem-se para mais uma viagem ao universo caótico dos Mechanics!

Neither Acoustic Nor Electric

A contramão continua sendo a única via possível para os malditos Mechanics. Com um histórico de barulho doentio e performances psicóticas, a banda foi convidada a realizar um show acústico no teatro do Centro Cultural Goiânia Ouro em agosto de 2008. A improvável apresentação foi o suficiente para convencer o cineasta João Novaes a ter o Mechanics – em versão desplugada – na trilha sonora de seu novo documentário, “Graffiti em ruínas e outros muros”. O resultado foi a (re) gravação, em insólitas abordagens, de Climax, Shadow, War e The remains, todas originalmente presentes no já antológico Music for Anthropomorphics.

O resultado ficou tão interessante que a banda resolveu inventar moda e dar outro destino às faixas além do filme e da disponibilização na tal rede mundial de computadores. A idéia inicial seria uma edição em vinil, mas com o encerramento das atividades da única fábrica do Brasil, as coisas mudaram de rumo. (mas com a volta pelas mãos de outra gravadora independente de peso, quem sabe…)

Neither Acoustic Nor Electric é uma edição limitada a 100 cópias em CD. E só. Uma espécie de gravura digital destinada a quem tem fetiches desta natureza. O projeto gráfico (desenvolvido pelo vocalista Márcio Jr.) consiste em três serigrafias devidamente assinadas e numeradas, conforme os rigores da Arte. Carimbos para a ficha técnica e selo completam o pacote que, de tão artesanal, não sai pela Monstro (selo oficial do Mechanics), mas pela tresloucada editora Livros Voodoo. Em tempos de (bem-vinda) intangibilidade da música, Neither Acoustic Nor Electric ressignifica o objeto fonográfico. Ao menos para o Mechanics.

Na internet
O disco Neither Acoustic Nor Electric está disponível na íntegra também no myspace da banda: http://www.myspace.com/mechanicsrock. O espaço virtual não só apresenta as músicas novas, como ganhou uma nova cara, com layout desenvolvido pela designer Aline Marques.

Neither Acoustic Nor Electric
1. Clímax
2. Shadow
3. The Remains
4. War
5. Shadow (Weird Version)

Acesse:
http://www.myspace.com/mechanicsrock

That´s All Folks!

Semana que vem, a coluna volta com mais notícias, mais surpresas e o nosso primeiro sorteio!



Passou dos 30 e poucos anos faz tempo, resenhista (aka crítico musical), editor e amante das boas coisas da vida: música, cinema, literatura, teatro e o que mais envolver artes! Já escreveu para jornais, revista, sites e hoje batalha nesse humilde espaço. Poeta nas horas vagas, já percorreu o Brasil, mas hoje vive em São José, bem ao lado de Florianópolis.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.