Hot Chip – In Our Heads

Dá pra sacar a proposta do álbum logo pela capa. Um mosaico onde as cores e formas se sobrepõem, criando um efeito caleidoscópico que é percebido facilmente quando nos vemos levados nesse percurso de 11 faixas vibrantes, um conjunto intenso e cheio de referências à história das pistas de dança.…

In Our Heads (Domino/Warner Music Group)

Domino - 8

8

No seu quinto álbum de estúdio, o grupo inglês traz uma viagem escrita numa colorida colagem.

User Rating: Be the first one !
8

Dá pra sacar a proposta do álbum logo pela capa. Um mosaico onde as cores e formas se sobrepõem, criando um efeito caleidoscópico que é percebido facilmente quando nos vemos levados nesse percurso de 11 faixas vibrantes, um conjunto intenso e cheio de referências à história das pistas de dança.

A primeira parte é aberta já por um conjunto de faixas dançantes e bem encadeada. É uma chegada sedutora, ora numa releitura do ítalo disco (“Motion Sickness” e “How Do You Do It?”), ora buscando no groove do funk (em “Don’t Deny You Heart”) elementos para construir a fração mais elétrica do álbum. “Look At Where We Are” e “These Chains” diminuem a velocidade inicial em um ritmo mais introspectivo. Nesse momento da festa, você não saiu da pista para buscar alguma bebida no balcão do bar… mas já está naquele movimento de ombros e pescoço tentando seguir o ritmo da música.

“Night and Day” é um prenúncio de uma ruptura. Um refrão que repete seu título à exaustão – que está presente em praticamente todas as músicas até aqui – neste momento ganha um tom de frenesi numa atmosfera pesada característica da música tecno.

O grande momento do disco é, sem dúvida, “Flutes”. Uma faixa longa e dramática, ao mesmo tempo envolvente e dura, em que as vozes sobrepostas e confusão sonora criam um turbilhão que te leva para a outra metade do disco.

As faixas “Now There Is Nothing” e “Ends of the Earth” continuam os ritmos mais densos, mas não menos elétricos. Na sequência, “Let Me Be Him” constrói em 7:43 uma jornada emocional e psicodélica, esgotando tudo o que restou de energia até aqui. A festa acaba com “Always Been Your Love”, um R&B que leva o ouvinte lentamente ao apagar das luzes.

E o produto disso tudo é um álbum enérgico, rico em referências e momentos muito distintos que, mesmo passado mais de meia década – produzido no final de 2011, lançado em 2012 – ainda é possível ouvir ecos dessas essências até hoje.

Com essa combinação de ritmos dançantes, capricho nas composições e sua caracterização assumidamente pop, “In Our Heads” é um bom deleite para os que já são fãs assim como um estimulante convite para quem ainda não conhece Hot Chip.



Paulistano de 25 anos. É designer para pagar as contas. O grande hobby é sair de rolê pela tirar fotos em película. Outra ocupação é o garimpo em sebos para montar o que chama de “herança” - sua coleção de discos e livros. É fascinado por boas histórias. Nunca desenvolveu habilidade alguma com instrumentos musicais. A atração pela música começou com as coleções de família e o primeiro contato com plataformas de download. E esse interesse se renova, quase diariamente, em qualquer roda de conversa onde esse é o assunto. Esteve em Florianópolis apenas uma vez na vida.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.