Five Boys – Estética e Cultura de Massa

Primeiramente, queria deixar claro que esta é uma opinião pessoal, baseada em minha bagagem cultural e vivência de shows, bandas e música. Segundo gostaria de deixar claro que não é nada pessoal pois não conheço os integrantes. Tudo escrito é respectivamente em relação ao som. Então, esclarecidas as coisas, vamos…

Estética e Cultura de Massa (Independente)

Independente - 6.5

6.5

Apenas OK!

User Rating: Be the first one !
7

Primeiramente, queria deixar claro que esta é uma opinião pessoal, baseada em minha bagagem cultural e vivência de shows, bandas e música. Segundo gostaria de deixar claro que não é nada pessoal pois não conheço os integrantes. Tudo escrito é respectivamente em relação ao som. Então, esclarecidas as coisas, vamos ao que interessa.

Ouvi o play do Five Boys almoçando um macarrão com atum que fiz ontem. Não sou nenhum chef mas estou aprendendo a cozinhar. Entre erros e acertos, vamos tentando. Mas então, qual a relação entre o play com macarrão with atum? Além da capa do disco, o processo que utilizei para cozinhar achei bem parecido.Vou detalhar abaixo:

Como disse, estou aprendendo a cozinhar, logo, toda ida para a cozinha é uma aventura. O play começa bem empolgante com os primeiros sons bem legais, assim como eu estava animado para cozinhar. Você imagina vários temperos e vai separando e pensando: nossa vai ser sensacional essa experiência!

Então vem aquele processo básico para fazer o macarrão de ferver a água, cortar os legumes, etc…

Aquela animação do começo diminui um pouco, assim como no CD mas… segue o jogo, nada de se abalar.

Seguindo o processo e você sente que seu macarrão não vai ser aquilo tudo que você estava imaginando, então começa a ficar chato cozinhar. Não preciso dizer o que eu acho do play nessa altura não é¿ E no final de tudo, descobre que o sensacional macarrão com atum que pensava fazer lá no começo é um macarrão com atum apenas OK, pois descobre que faltou alguns ingredientes para dar um charme a mais.

Enfim, assim como no show, alguns sons legais, outros nem tanto e com certeza cansativo de ouvir completo. Assim como meu macarrão e esse texto de merda que escrevi… apenas OK!



27 anos, magrelo e estranho. Na música desde os 12 anos quando ouviu o Ride The Lightning do Metallica. Depois disso, as coisas só pioraram.


Underfloripa (2007-2019) Todos os Direitos Reservados. Site em Wordpress mantido por Sierra November. Feito com amor em Floripa e São Paulo.